Guaritas

Guaritas

Social Share Counters

São serras com vales profundos e rochas enormes, onde o visitante pode admirar o trabalho de milhares de anos de erosão, da chuva e do vento.

Distante, aproximadamente 50 quilômetros da cidade. Partindo de Caçapava do Sul, o acesso é pela BR 392,  em seguida deve-se entrar na BR 153 (asfalto), após dobrar à esquerda na RS 625 (não pavimentada). Há uma placa antes do acesso, indicando “Minas do Camaquã”.  Após aproximadamente 11 km, já é possível avistar as Pedras das Guaritas.

A localidade que é considerada uma das Sete Maravilhas do Estado do Rio Grande Do Sul, pela SETUR – Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul e foi cenário do longa metragem “Valsa para Bruno Stein”. A série  Animal do Canal GNT, também foi  filmada na localidade, aproveitando as belezas da região, como cenário.

“A área de destaque ambiental Guaritas-Minas do Camaquã forma uma das paisagens mais encantadoras e um dos cenários ambientais mais pujantes do Estado do Rio Grande do Sul. A associação admirável e fascinante entre as formações rochosas e a vegetação tornam esta região única. A integração dos aspectos físicos e biológicos incomuns aliam-se a elementos histórico-culturais da região, potencializando-a como um dos mais promissores centros de turismo, lazer e de preservação do Estado.” Fonte: A Ordenação Territorial da Área de Destaque Ambiental Guaritas – Minas do camaquã, RS – Uma Proposta de Planejamento Ambiental Integrado – Autores: Henrique Carlos Fensterseifer e Marco Antonio Fontoura Hansen.

A Associação de Moradores das Guaritas oferece trilhas guiadas pela região e refeições no Galpão Crioulo, sede da associação, localizado em uma área privilegiada, bastante admirada pelos visitantes. A casa que serviu de cenário para o Filme “Valsa para Bruno Stein”, foi cedida à associação e pode ser visitada. Além disso, no local é possível ver fotos das gravações do filme e uma coleção de rochas da região. É necessário agendamento pelo telefone (55) 9 9973-8677 com Jorge Luis.

Comentários

  1. Visitei Guaritas no último sábado (10/11/12), voltei encantada com a exuberância do local e com a acolhida do pessoal da Associação de Moradores das Guaritas.
    Vou recomendar.
    Simplesmente maravilhoso!

    Adriana Aparecida Borges em 11 de novembro de 2012 às 22:26

  2. É gratificante trabalhar pela natureza que temos aqui, e melhor ainda é qdo alguém, agradece, elogia… o nosso trabalho.Preto ( Pres. Associação )

    jorge luiz dias de dias em 4 de dezembro de 2012 às 19:50

  3. simplesmente maravilhoso! lugar de perfeita representação natural ….belíssimo

    Elioneida em 14 de abril de 2013 às 20:33

  4. Que saudades da minha terra, nasci na cidade de Caçapava do Sul, mas me criei nas Guaritas, fiz meus 15anos, no galpão da Associação!!! Para quem busca sossego, e ou adrenalina, é bem legal!!! Subi em todas essas pedras, a sensação é de muita liberdade!!!

    Alessandra Pires Ferreira em 16 de maio de 2013 às 12:36

  5. Não tive lá mas com os comentários, fiquei com vontade de conhecer esse lugar maravilhoso.

    Carla em 4 de junho de 2013 às 13:05

  6. Lugar encantador como muitos outros desta terra.
    E como todo bom caçapavano que não mora mais na cidade tenho muita saudade e orgulho das coisas daí!

    Edson Mendes em 16 de junho de 2013 às 20:09

  7. E saudade da familia qualquer hora apareço por ai,abraços tia Irene e tio Decinho de Samir Franco

    samir franco em 28 de junho de 2013 às 5:19

  8. Sim passso todos os dias na estrada, ali na casa do filme, muito lindo aquele lugar e um supre paraiso. Bom demais.

    Angelo Deomar Rosa de Oliveira em 5 de agosto de 2013 às 18:45

  9. Um lugar fantastico, uma linda paisagem, todo o lugar é belo. Já estou até com vontade de voltar ai pra visitar de novo!

    Alisson Martins em 21 de outubro de 2013 às 7:20

  10. Saudações aos visitantes das Guaritas,talvez futuros caçapavanos e caçapavanos.Vale a caminhada entre as rochas,paredões e o ar puro,para sentirmos um pouco as energias imanentes do ambiente formado há milhões de ano até o recente.Ao anoitecer existe um “que” de mistério ,quando contemplamos os recortes dos cerros ao redor e um céu muito próximo do chão.Luzes e sombras trocam de lugares constantemente.Não existe acasos,sortes,azares ou coincidências,existe o merecimento de estarmos nas Guaritas.Sigamos no Bem,Elver Teixeira.

    Elver Teixeira em 18 de fevereiro de 2014 às 23:34

  11. Es un lugar realmente hermoso, un paraíso…un regalo de la Naturaleza.

    Serrana Texeira em 18 de março de 2014 às 22:19