Turismo Industrial

Social Share Counters

Caçapava do sul é a capital gaúcha do calcário onde estão estabelecidas as maiores indústrias de beneficiamento de cal e calcário do sul do Brasil. O visitante pode conhecer as jazidas e acompanhar todo o processo de industralização. A antiga área industrial da Companhia Brasileira do Cobre nas Minas do Camaquã, também é uma atração imperdível. Outro destaque é o pioneirismo da “Cerro dos Olivais” na produção de Azeite de Oliva.

 

Indústrias de Calcário:

Mineração Mônego: agendamento de visitas apenas para grupos de estudantes acompanhados de professores. Contato: Paulo Mônego (55) 3281-0101 ou  monego@monego.com.br.

Calcário Cruzeiro: agendamento de visitas individuais e em grupo. Contato: (55) 3281-1825 ou sangali.contabil@farrapo.com.br.

Fida Calcário: agendamento de visitas somente para grupos de estudantes. Contato: anversa@fida.com.br ou (55) 9971-2041 com Eng. Paulo Anversa.

Calcário Razzera: agendamento de visitas individuais e em grupo. Contato gilneihuerta@gmail.com ou (55) 3281-0125.

Calcário Vigor: agendamento de visitas  individuais e em grupo. Contato: roberto@calcariovigor.com.br ou (55) 3281-1439.

Dagoberto Barcellos S/A: agendamento de visitas individuais e em grupo. Contato: carloscavalheiro@grupodb.com.br e (55) 3281-0123.

 Indústria de Calcários Caçapava Ltda – INDUCAL: agendamento de visitas através do e-mail marcelo@inducal.com.br ou (55) 9973-1874.

Minas do Camaquã: a visita à área industrial das minas é realizada somente pela empresa Minas Outdoor Sports

Cerro dos Olivais:

A propriedade iniciou as pesquisas para o plantio de oliveiras em 1996 e, atualmente, a plantação ocupa cerca 20 hectares. A plantação é orgânica e há o cuidado de evitar o uso de qualquer tipo de agrotóxico.

A “Cerro dos Olivais” em março de 2008 produziu o primeiro azeite de oliva da variedade arbequina no Brasil e em 2010, o primeiro azeite da variedade koroneiki no país. Em 2012 produziu o primeiro azeite de picual e está produzindo os primeiros blends (arbequina -koroneiki; arbequina-picual; koroneiki-picual) do Brasil. Os azeites registram uma acidez máxima de 0,2 e com plena e total integralidade de seus elementos nutricionais.

A produção anual é variável em decorrência das variações do tempo. Em 2011, a produção foi de 300 litros de azeite já em 2012,  de 1800 litros.  A estimativa é de, quando as oliveiras estiverem produzindo a pleno vapor é chegar a 70/80 mil toneladas de azeitonas, possibilitando  produzir cerca de 12 a 15 mil litros de azeite.

A “Cerro dos Olivais” produz:

  • 04 tipos de azeites monovarietais;
  • azeitonas de mesa;
  • folhas de oliveira para chá (preparadas);
  • vinhos de  uvas viníferas  da variedade “melbec” e “merlot”;
  • kiwi.

A propriedade recebe e visita de grupos, com agendamento.

Fone: (55) 3332-9472 e 9159-8022.

E-mail: guajaradejesus@gmail.com

Site: www.cerrodosolivais.com.br

Indulac:

Na área da agroindústria destaca-se a INDULAC, que opera na coleta e distribuição do leite e seus derivados,  responsável pelo surgimento de uma crescente bacia leiteira no município.

Endereço: BR 392, 620. Telefone: (55) 3281 1920

Cotrisul

O município conta com a Cooperativa Tritícola Caçapavana responsável pelo recebimento e comercialização de arroz, soja, milho e outros cereais além do desenvolvimento de atividades para além das fronteiras municipais, tornando-se um forte elemento aglutinador e propiciando condições especiais ao homem do campo.

Endereço: Rua XV de Novembro, 895 (escritório). Telefone: (55) 3281 1373